sábado, 19 de dezembro de 2009

De volta ao tabuleiro

Preparação para a recta final


Depois do trabalho moldado, é hora de preenchermos, com massa, as concavidades do lado avesso, para dar resistência ao trabalho para este não se amolgar.

Antigamente aplicava-se cera misturada com pez, mas as coisas vão evoluindo e agora usa-se massa para tapar gretas nas paredes, é uma massa leve e fina, que depois de secar fica dura e resistente.

Podem ver nas fotos seguintes a massa e a espátula para aplicar a mesma.



Depois da massa secar, lixa-se para retirar o excesso, de maneira a superfície ficar lisa.

Seguidamente deve passar-se o trabalho, pelo lado direito, com um algodão embebido em acetona, para retirar algumas impurezas.

Na foto seguinte pode ver quais os materiais que irão ser aplicados no próximo passo.



Agora temos o trabalho preparado para lhe aplicar a patine, com um algodão embebido em patine, espalhamos uniformemente por todo o trabalho até o mesmo ficar todo escuro como a foto que se segue.


(A patine é um ácido, pelo que se aconselha a utilizar luvas, durante esta operação)


A seguir, também com um algodão retira-se o excesso da patine, depois é a vez de aplicar outros materiais, o polimento e o abrilhantador.

Estes produtos em bisnagas, são aplicados no trabalho, primeiro o polimento, depois o abrilhantador, espalha-se um pouco de polimento com uma flanela, vai-se limpando com a flanela para tirar o preto da patine, fica pronto quando se passa a flanela e esta já não fica suja (preta).

(A flanela, quando vai ficando suja, deve ser renovada, para isso deve-se comprar em quantidades, nos mercados é barato, depois corta-se ás tiras para utilizar na limpeza do trabalho, pois não deve ser reutilizável).


Assim fica o trabalho depois de limpo com o polimento.


Agora é a vez de aplicar o abrilhantador, procede-se da mesma maneira como com o polimento, limpando com a flanela até esta não ficar suja, ou ficar pouco suja.

Esta fase está completa e o efeito é o que se pode ver na foto seguinte.


(Neste momento deixem-me dar umas dicas sobre os produtos que, aqui são aplicados e por vezes difíceis de adquirir).


Em vez da massa para tapar fendas nas paredes que, se pode adquirir nas grandes superfícies de bricolage, podemos usar cera misturada com pez, derretem-se na proporção de 3 partes de cera e uma de pez.

Depois de usar a patine, em vez do polimento pode usar-se o limpa metais da Duraglit, usando finalmente um verniz próprio para estanho.

Assim chegou a hora de recortar o trabalho, com um cortador e com o trabalho em cima do vidro, iniciamos o recorte, com calma, com alguma pressão e precisão recortamos os pedaços que devem ser recortados e cujo efeito será o que se vê nas fotos seguintes.

Depois de todo recortado.



Os trabalhos deste género, por mim elaborados, têm sempre por base o linho que, dá um toque mais fino e fica mais apresentável.

2 comentários:

Anónimo disse...

Um passo a passo bem elucidativo e esclarecedor. Resultado final de belo efeito. Óptimo trabalho, JCR. 5*****
M. Raphael

Anónimo disse...

Lindo, que gentileza colocar o passo a passo.Como adquirir a folha de estanho?Elisabete.